Porres, ressacas e canções

by Gustavo Kaly

/
  • Streaming + Download



    Download 100% Free, é só por valor Zero e seu e-mail. Para letras, capa e foto em alta qualidade, entre em contato: kaly902@gmail.com

     

1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
10.

credits

released February 15, 2014

tags

license

all rights reserved

about

Gustavo Kaly Barcelona, Spain

Gustavo Kaly is a spirit of his time, with a contemporaneity that brings decades of underground culture and daring art, driven by a troubled heart and a restless soul.

A Brazilian resident in the sunny city of Barcelona, ​​the folk punk returns with a solo collection, spreading his music around the Old Continent.
... more

contact / help

Contact Gustavo Kaly

Streaming and
Download help

Track Name: Hotel Coração
Hotel coração
hoje teremos problemas neste hotel
cercados de más intenções e substâncias from hell
pecados que deram errado toda madrugada
amores que apareceram na hora errada

hoje teremos problemas de verdade
com todas as minhas promessas de intensidade da alma
a calma que nos eleva a um nível mais alto
e o desespero que nos arregaça nos asfalto

hoje teremos problemas no hotel coração
as vezes mantendo suas portas trancadas há dias
vadias que vem e vão e musas que quase sempre raras
paixões que fervem no sangue e são servidas em jarras    

hoje estamos com todos os leitos lotados
errantes, caixeiros-viajantes, putas e drogados
talvez algum dia uma amor de verdade se hospede para sempre
e decore com classe a ternura este hotel decadente

Hoje teremos problemas no hotel coração
hoje teremos bolero a noite inteira
Hoje teremos problemas no hotel coração
hoje teremos bolero, bebidas e dançarinas 
Track Name: Porres, ressacas e canções
porres, ressacas e canções

dez anos se passaram como um trem
e, sensações estranhas passaram também

entre rugas e reclamações
eu me sinto como um velho
e, eu ando como um velho

sobre cartas e anotações que escrevi

eu relembro de amigos que perdi
alguns se mantêm vivos ou zumbis
entre cartas e decepções
e solidões coletivas
e sentimentos náufragos
porres, ressacas e canções

se ir embora já é chegar em algum lugar
e meia dúzia de palavras - corroem

uma homenagem póstuma
porta-retratos e sequelas
uma pilha de desastres
e poeira no sangue
Track Name: Silêncio Cômico
Silêncio Cômico

o vento não permitiu
que um fósforo acendesse o cigarro
a noite era fria
e para onde apontasse seu carro
lhe cabiam destinos incertos
e todos os beijos
que uma só despedida de um amor deixado esquinas atrás
já não lhe cabe mais

entre o horizonte borrados
que o calor desorientou calado
a tarde existia
como sendo o período errado
de muitos lamentos
e todos os poros
resmungavam em seu silêncio cômico
cantos azedos ao sangue
que simplesmente ignorava

um pedido da alma
de manter a calma na hora certa de poder voltar
e nunca mais partir.
Track Name: Amores Falhos
Amores falhos

Eu volto no verão para te dizer
que não deixei de andar alcoolizado a esmo
e mesmo que você não encare a verdade é que a idade já caiu
como um tiro no pé.

e deixo tudo que eu pensei para trás
E saturar os dias
a manhã para dormir
a tarde para esquecer
a noite para dormir

Acorde que já não há tempo para o último acorde
há não - acorda que serviu para amarrar o seu bode
e mesmo que você não acorde, há cordas para amarrar amores falhos
nos pés

e deixo tudo que eu bebi para ti
e deixo tudo que eu quebrei também
E saturar os dias
a manhã para dormir
a tarde para esquecer
a noite para mentir
Track Name: O último romântico da Rua Augusta
Existe um coração trincado partido ao meio
Existem meios existem fins,
há demônios em mim cantando em coro alegre

Atrás dessa rua gasta há Consolação
atrás de vários motivos pra não ter
um coração costurado inerte

Me ofusca essa gama de cores estranha,
que você busca em mim, me assusta
O último romântico da Rua Augusta morreu

Procuro pelos nomes estranhos
dados às ruas, nenhum satisfaz
Nenhuma rua com seu nome essa cidade traz

Existe um coração trincado e um olhar fixo
Morrendo aos poucos na boca do lixo,
seguindo os passos do tal trovador

Atrás dessa vida gasta implorando ser longa
Presenteando vários amores curtos
e uma milonga que lembra o sul do mundo